Make your own free website on Tripod.com

Água na Saúde

A água
Home | A água | Criadores | Termas de Portugal | Cuidados a ter

A água

Quase toda a água do planeta está concentrada nos oceanos. Apenas uma pequena fração (menos de 3%) está em terra e a maior parte desta está sob a forma de gelo e neve ou abaixo da superfície (água subterrânea). Só uma fração muito pequena (cerca de 1%) de toda a água terrestre está diretamente disponível ao homem e aos outros organismos, sob a forma de lagos e rios, ou como umidade presente no solo, na atmosfera e como componente dos mais diversos organismos.

Poupar Água

Poupar água é não desperdiçar água nos consumos inúteis a que muitos se foram habituando ao longo dos anos. Para poupar, consumindo apenas a quantidade que realmente se necessita na actividade diária, é essencial corrigir os maus hábitos.

Reveja toda a canalização doméstica por forma a que se evitem perdas nas torneiras, nos autoclismos, nos esquentadores, nas máquinas e nas junções.

Na casa de banho:

Em cada descarga do autoclismo gasta-se 10 a 15 litros de água ( corresponde à água que um habitante das regiões semiáridas de África gasta por dia). Utilize-o apenas quando for necessário.

Opte por um autoclismo de baixa capacidade ou de dupla dose e diminua  o volume de descarga do autoclismo colocando uma garrafa cheia de água ou areia no depósito do autoclismo.

Evite os banhos de imersão e, ao tomar duche, molhe-se e feche a água enquanto se ensaboa. Não demore muito tempo no chuveiro.

 

Prefira o duche ao banho de imersão, pois poupa água e é mais higiénico: num banho de imersão gasta cerca de 200 litros de água; num duche, se demorar apenas 5 minutos, gasta 20 litros. Não deixe a água a correr enquanto se ensaboa.
 

Utilize chuveiros de baixo caudal e fluxo turbulento, assim como compressores nas torneiras, evitando gastos desnecessários de água;

 

Nas suas lavagens de higiene pessoal, tape o buraco de saída da bacia e encha-a apenas com a água indispensável. Ao lavar as mãos , se deixar a torneira aberta poderá gastar 2 a 18 litros.

 

 

Não deixe a água a correr enquanto estiver a lavar os dentes. Assim, poupará 10, 20 ou mesmo 30 litros de água. Uma torneira normal pode atingir um caudal de 10 litros / minuto.

 

Na cozinha:

Não lave a loiça peça a peça; junte-a e lave-a 1 ou 2 vezes por dia.

Antes de lavar os pratos, tachos, panelas ou frigideiras, limpe-os. Se necessário, deixe de “molho” os tachos e panelas.

Não lave a loiça em água corrente. Utilize a bacia do lava loiça ou um alguidar.

Use a mínima quantidade de detergente necessário para uma lavagem eficaz. Poupará água e detergente.

Se tiver máquina de lavar, não a ponha a trabalhar sem a carga completa; lembre-se que quando a liga ela consome 18 a 30 litros de água.

 

Na lavagem da roupa:

Uma máquina de lavar roupa consome 60 a 90 litros de água por lavagem. Use-a apenas com a carga máxima. Para pouca roupa ou peças isoladas não use a máquina.

      

Na rega:

Há plantas que necessitam de pouca água. Evite regá-las sem necessidade.

Se possível, utilize água de poços ou ribeiros ou mesmo água de lavagem de legumes e frutos.

Regar de manhã ou á noite, é poupar água que se perde com o calor ou o sol, ... além de ser mais adequado para as plantas.


Não lave nem regue a rua à frente da sua casa. Deixe esse trabalho a cargo das autoridades competentes.

 

... E além de poupar água, tenha em conta que:

Uma torneira a pingar, nem que seja um pingo mínimo, pode desperdiçar mais de 200 litros de água por dia; feche-a bem e, se estiver avariada, mande consertá-la;

 

 

Se o autoclismo, cano, etc., perderem água, procure arranjá-lo rapidamente;

Se vir uma fuga numa boca de rega ou noutro ponto da conduta, previna a Junta de Freguesia e/ou a Câmara Municipal.

Trabalho de Área Projecto - 8ºF